Professor de Inglês suspenso de funções por ter comentado licenciatura de Sócrates

21/05/07

Um professor de Inglês, que trabalhava há quase 20 anos na Direcção Regional de Educação do Norte (DREN), foi suspenso de funções por ter feito um comentário jocoso sobre a polémica em volta da licenciatura do primeiro-ministro na Universidade Independente.


Numa carta escrita pelo professor, ele tece os seguintes comentários sobre a situação. "Se a moda pega, instigada que está a delação, poderemos ter, a breve trecho, uns milhares de docentes presos políticos e outros tantos de boca calada e de consciência aprisionada, a tentar ensinar aos nossos alunos os valores da democracia, da tolerância, do pluralismo, dos direitos, liberdade e garantias e de outras coisas que, de tão remotas, já nem sabemos o real significado, perante a prática que nos rodeia."

Isto significa, que aqui o "je", não voltará a tecer qualquer comentário de carácter negativista para com o nosso GRANDE e ESTIMADO Primeiro-Ministro, não vá alguém ver o que escrevo e ainda me retira qualquer possibilidade de voltar a dar aulas!!! Nunca se sabe...


Já diz o velho ditado: "mais vale prevenir do que remediar". Ou então como dizia o Rei Herodes: "ou te calas, ou te fodes", e eu como estou em ínicio de carreira, não me convém f.... cedo!!!!


Por isso se quiserem falar mal do nosso 1º, não o façam aqui sff. :D

12 comentários:

Tiago disse...

Lol, que coisa.. foi suspenso assim?
Ainda voltamos pra era antes 25 de Abril. lol

Abraço.

(Pois, eu também vou ao Alive os 3 dias. Mas não devo ir ao SBSR. :| )

Gustavo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Corduroy disse...

É verdade. O Sr. foi apanhado a dizer mal do Sócrates na DREN. A directora regional não precisou as circunstâncias do comentário, dizendo apenas que se tratou de um "insulto feito no interior da DREN, durante o horário de trabalho". Perante aquilo que considera uma situação "extremamente grave e inaceitável", Margarida Moreira instaurou um processo disciplinar ao professor Fernando Charrua e decretou a sua suspensão.

Hehehe.

Teixeira disse...

Porra!

Já estamos assim? UI UI!

É melhor teres cuidado. Isto anda a ficar perigoso..."eles ANDEM aí..."

Abraço
[[]]

Canochinha disse...

Então e o comentário do Mário Lino a dizer que era engenheiro, frisando que estava inscrito na Ordem (ao que desatou tudo às gargalhadas)? A diferença é que esse é Ministro...

astuto disse...

Aqui o PM não teve interferência... A senhora directora é que resolveu pôr-se em bicos dos pés para se insinuar ao governo e, carregada de uma moral podre, ordenou uma demissão ridícula! Há quem não consiga viver com humor, quem queira voltar ao cinzentismo...

Cumnprimentos.

Trópico disse...

AHAHAHAHAH!!! Se metem escutas na minha sala de prof's vai tudo a eito!!
Cord....levas-me som depois, tá??!!

Corduroy disse...

Canochas: eu vi esse comentário deveras infeliz... mas bem engraçado!!!

Astuto: eu sei k o PM não meteu a colherada neste assunto. Neste caso nem o culpo a ele, mas sim essa directorazeca k se lembrou de embirrar com o que o homem disse. Secalhar em casa ou noutro sítio diz pior.

Teixas: é preciso muito cuidado!!!

Trópico: eles devem deixar levar.te o comp para a cela e com acesso á net!!!

Mistica Verde disse...

Ahhhhhhhhhhhhh, é tão bom viver numa sociedade democrática :)

Bia disse...

Que pouca vergonha... era só o que faltava!! Voltámos aos tempos da repressão e da censura?!

Helena disse...

Com tanto provérbio toma lá outro:
Mais vale ser viúva que mulher de um cobarde!
O que quero dizer com isto é que se f*** o sistema!

Miss Alcor disse...

Pois é... lápiz azul!!!!!!!!!!